MP de Ubiratã oferece denúncia contra 24 envolvidos em organização criminosa

PF investigou o caso e promotoria suspeita que o grupo tenha vínculo com o Primeiro Comando da Capital (PCC).

Investigações foram desenvolvidas pela Polícia Federal em Cascavel.

A Promotoria de Justiça de Ubiratã, no Centro-Ocidental paranaense, ofereceu, nesta quinta-feira, 25 de janeiro, denúncia contra 24 pessoas pelos crimes de organização criminosa, associação para o tráfico, tráfico de drogas, favorecimento da prostituição de adolescente, armazenamento de material pornográfico envolvendo adolescente e corrupção de menores.

A apuração dos fatos denunciados foi iniciada pelo Grupo Especial de Investigações Sensíveis da Polícia Federal do município de Cascavel e teve como objetivo desarticular organização criminosa composta por núcleos distintos, mas relacionados, em Ubiratã.

Com o aprofundamento das investigações, foi possível mapear e identificar os núcleos de atuação que, operando de forma coordenada, implementaram uma sistemática de distribuição de drogas e de prática de outros crimes. Embora os distintos núcleos existentes atuassem, principalmente, com o tráfico de drogas, foram verificadas outras práticas criminosas, como a negociação de armas, a realização de roubos e furtos, homicídio e tentativa de homicídios.

Segundo a Promotoria de Justiça, os integrantes da organização denunciada fizeram alusão, em diferentes oportunidades, ao Primeiro Comando da Capital (PCC), o que pode indicar a existência de vínculo do grupo com a facção criminosa.

Fonte: Catve

Comentários
Compartilhe!