fbpx

MP-PR denuncia servidores que fizeram sexo com adolescente na sede de Secretaria

O MP-PR (Ministério Público do Paraná), por meio da Promotoria de Justiça de Nova Londrina, Noroeste do Paraná, apresentou ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra dois agentes públicos do município de Nova Itaúna, que integra a comarca.

O MP-PR sustenta que o secretário de Esportes e Lazer e o diretor de Viação, Serviços Urbanos e Gerais utilizaram a sede da secretaria em um dia útil para encontro sexual com uma adolescente.

O fato foi consumado em uma sexta-feira, por volta das 17 horas, em sala usada para o armazenamento de materiais esportivos, e teria sido acertado pelo secretário, que fez fotos da jovem. O diretor teria chegado por acaso, “porque a porta estava aberta”, e convidado a participar.

A esposa do secretário descobriu as imagens no celular e procurou a mãe da adolescente, que buscou providências junto ao Conselho Tutelar e ao prefeito. Como destaca a Promotoria de Justiça na ação, “é evidente no presente caso a violação aos princípios da moralidade, honestidade e probidade administrativa perpetrada pelos demandados”.

O MP-PR busca a condenação dos dois por ato de improbidade administrativa, o que pode levar a sanções como o afastamento da função pública, suspensão dos direitos políticos e multa, e já requereu, liminarmente, o afastamento dos dois das funções públicas.

MP-PR

Fonte: Catve

Compartilhe!