IDOSOS E PESSOAS COM DEFICIÊNCIA TÊM ATÉ DEZEMBRO PARA SEREM INCLUÍDOS NO CADASTRO ÚNICO

Idosos e pessoas com deficiência que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) têm até dezembro para serem incluídos no Cadastro Único para Programas Sociais. O registro dos beneficiários e seu grupo familiar é obrigatório.

Quem não estiver inscrito no Cadastro Único, assim como os beneficiários já cadastrados, mas sem atualização cadastral nos últimos 24 meses, poderá ter seu benefício suspenso.

O Cadastro Único reúne informações das famílias com renda de até meio salário mínimo por pessoa ou renda total familiar de até três salários mínimos. A ferramenta é utilizada também para dar acesso a programas sociais. Nela, são registradas as características da residência, a identificação de cada pessoa, a escolaridade, a situação de trabalho e renda, entre outras informações.

A Secretária da Assistência Social, Eliane Omori daurte – Makie, lembra que não é necessário que o próprio beneficiário faça esse cadastramento “Qualquer membro familiar, maior de 16 anos, que tenha capacidade de prestar as informações pode ser o responsável familiar para responder o cadastro”.

O município de Ubiratã realizou ação junto a Associação dos Deficientes físicos – ADEFIU e a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE para divulgar e informar os beneficiários. Também está realizando busca ativa para que os todos os Beneficiários que recebem BPC sejam cadastrados. Esta ação está sendo realizada diariamente, através de visitas domiciliares. Hoje ainda temos 154 beneficiários do BPC fora do cadastro e o prazo termina em 31 de dezembro.

Para informações procure a Secretaria da Assistência Social, Rua Paraná, 687 ou ligue 3543-1377 ou 3543-1369.

Comentários
Compartilhe!