Vigilância Sanitária alerta para o controle e prevenção de acidentes com animais peçonhentos

Com o aumento das temperaturas e da quantidade de chuvas, é comum o aumento da circulação de animais peçonhentos. Para evitar acidentes, a Secretaria da Saúde, através da Vigilância Sanitária alerta a população para redobrar os cuidados na prevenção de picadas de aranhas, escorpiões e serpentes e outros animais.

Animais peçonhentos são aqueles que possuem veneno e são capazes de injetá-lo por meio de dentes ou ferrões como, escorpiões, aranhas, serpentes, lagartas, abelhas, entre outros. Dependendo da espécie e gravidade da picada, os acidentes podem levar até mesmo a morte, caso a pessoa não seja socorrida e receba o tratamento adequado a tempo.

Existem medidas simples de prevenir acidentes com serpentes são elas: usar luva de couro, botas de cano alto, cuidar ao entrar em lugares escuros, manipular lixo e entulhos ou colocar a mão em buracos o lixo deve ser acondicionado em recipientes fechados para não atrair animais como roedores, que fazem parte da dieta de serpentes.

No caso das aranhas e escorpiões são animais encontrados muitas vezes no interior das casas, com tendência de se adaptarem ao ambiente urbano, devido à facilidade de encontrarem alimentos, como barata.

Para prevenir acidentes com aranhas e escorpião, orienta a limpeza da casa e dos quintais e não acumular de material de construção, madeiras e entulho que favorece a presença de escorpiões que encontram ambiente favorável para procriarem. Limpar periodicamente ralos de banheiro, cozinha e caixa de gordura. Sacudir a roupa ao vestir e bater sapatos e botas ao calçar é providências essenciais para se prevenir a ocorrência de acidentes. “São atitudes simples, mas que podem salvar vidas”.

“Em caso de acidentes com animais peçonhentos, a pessoa deve procurar atendimento médico imediatamente para receber o soro e o tratamento necessário. A agilidade no atendimento pode fazer a diferença entre a vida e a morte”.

Comentários