Paraná 

Ubiratã recebe Prêmio Gestor Público Paraná pelo Programa Campo Fácil

Em mais um ano o município de Ubiratã foi destaque no cenário estadual recebendo pela terceira vez o Prêmio Gestor Público Paraná,que valoriza os melhores projetos das administrações públicas. A Administração Municipal “Todos juntos rumo ao futuro” recebeu a premiação de reconhecimento pelo Programa Campo Fácil. O prêmio foi recebido pelo prefeito Haroldo Fernandes Duarte – Baco, na nesta segunda-feira (26), no Plenário da Assembleia Legislativa do Paraná, em Curitiba.

O prêmio é uma iniciativa do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná (SINDAFEP) e tem como objetivo valorizar os gestores municipais que realizam projetos inovadores de administração pública,gerando desenvolvimento e bem estar social à população. “É uma satisfação saber que o trabalho desenvolvido em Ubiratã mais uma vez foi reconhecido. Fico muito feliz também de saber que estamos contribuindo para estimular boas práticas e uma gestão pública eficiente”, avaliou o prefeito Haroldo Fernandes Duarte -Baco.

Em 2015, o município de Ubiratã já havia sido reconhecido com o Prêmio Gestor Público Paraná pelo programa “Comunidade Ativa” e em 2017 pelo Programa Educação Empreendedora.

O deputado estadual Tiago Amaral acompanhou os ubiratanense,parabenizando-os pela conquista. No ato da premiação o prefeito Baco esteve como engenheiro agrônomo Luis Lucchesi (professor da UFPR e Conselheiro Federal),engenheiro agrônomo Clodomir Ascari (secretário de Agricultura de Pato Branco e Diretor da FEAPR), engenheiro civil Ricardo Rocha de Oliveira (Presidente do CREA-PR), engenheiro agrônomo Anderson Carlos da Silva Cruz (representando a AEAVP) e a primeira-dama Eliane Omori Duarte – Makie. O assessor de Convênios Marcio Vanderlinde também participou do evento.

CAMPO FÁCIL

O projeto Campo Fácil é um convênio firmado entre a administração municipal de Ubiratã, Crea-PR e Associação dos Engenheiros Agrônomos do Vale do Piquiri, garante atendimento e assessoria profissional e de qualidade para os pequenos produtores rurais do município, possibilitando a organização e articulação de ações diversas de apoio e assistência a agricultura familiar. O projeto integra ações voltadas às necessidades dos pequenos produtores, com oferta de assistência técnica especializada, aliada a oferta de mecanismos, insumos e ações para o manejo e fertilidade do solo,também com a disponibilização de infraestrutura de transporte, privilegiando o escoamento da produção e o fácil acesso a cidade, onde os produtos são comercializados, assim como, o acesso a um dos bens fundamentais na cadeia de produção, a água, em quantidade e qualidade, tanto para o consumo humano,quanto para a utilização na produção.

Comentários
Compartilhe!