Mundo 

Menino de 10 anos viciado em miojo e refrigerante atinge 190 quilos

Ayra é um garoto de 10 anos que atingiu nessa idade, incríveis 190 quilos, o menino é viciado em macarrão instantâneo e refrigerante. Ele chega a comer cinco pacotes de macarrão instantâneo e a beber vários litros de refrigerante por dia.

A mãe de Ayra, Rokayah de 36 anos, e o pai Ade Somantri de 45 anos, disse que o apetite do filho era insaciável. Ele se alimentava de cinco refeições por dia de arroz, macarrão e carne, mas ainda se queixava de muita fome.
Os médicos ficaram espantados com o caso de Ayra e até tentaram colocar o menino em uma dieta saudável, mas não adiantou nada. Seu peso não caiu e então eles decidiram fazer uma cirurgia para reduzir o tamanho do estômago dele.


Ayra perdeu apenas 9 quilos em quatro meses antes da cirurgia, logo depois perdeu 16 quilos nas duas semanas seguintes. O peso do menino era muito para o seu corpo e idade e ele tinha grande dificuldade para se levantar ou andar dentro de casa. 


Ayra teve até que deixar de ir à escola, pois era quase impossível para ele. Não havia roupas que servissem nele e Ayra passava a maior parte do tempo vestindo apenas um short.


Os pais do menino disseram que ele ainda tenta comer demais, mas como o tamanho de seu estômago foi reduzido, ele acaba vomitando tudo o que come.


O garoto já perdeu 20 quilos, mas como o seu peso estava muito acima do normal ele ainda precisa perder muito peso. Os médicos levaram duas horas para realizar uma gastrectomia, que envolve a redução do estômago para 15% do seu tamanho original.
Hoje o menino bebe leite e come apenas uma porção, antes ele era capaz de comer refeições que dariam para três adultos.


Ayra corria o risco de sofrer de doenças cardíacas, diabetes e distúrbios respiratórios por causa da obesidade mórbida. Se não fosse tratado imediatamente poderia morrer.
Os maus hábitos na alimentação levaram o menino a sofrer obesidade mórbida e o caso dele é um alerta para que outros pais vigiem e monitorem a alimentação de seus filhos.

(Mob Notícias).

Compartilhe!