Esportes 

Após cirurgia de emergência, Pelé é internado novamente após retorno ao Brasil

No mesmo dia em que retornou ao Brasil, Pelé, 78 anos, foi internado mais uma vez. O ex-jogador deu entrada no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, nesta terça-feira (9), pouco tempo depois de ter desembarcado no aeroporto de Guarulhos, região metropolitana de São Paulo.

No boletim médico assinado pelos médicos Fabio Nasri e Gustavo Caserta Lemos, o estado de saúde de Pelé é descrito como “bom”. Ele foi submetido a exames admissionais, segundo a nota.

Pelé ficou cinco noites internado no Hospital Americano, em Paris (FRA), por causa de uma infecção urinária. O ex-jogador sentiu febre durante o encontro com Kylian Mbappé na última quarta-feira (3) e foi rapidamente levado ao hospital.

No momento em que recebeu alta do hospital francês, Pelé revelou ter sido submetido a um procedimento cirúrgico.

Enquanto eu estava aqui em Paris, eu sofri uma severa infecção urinária que requisitou assistência médica e cirúrgica emergencialmente. Mas, graças ao grande carinho do time de médicos do American Hospital of Paris, eu estou pronto para viajar para casa”, disse, em nota.

Ao desembarcar no Brasil, Pelé agradeceu o apoio recebido durante a internação e disse que tudo correu bem.

“Quero aproveitar essa oportunidade para (agradecer) a todos os brasileiros, aquele que ligaram para o hospital, que ligaram e desejaram meu pronto restabelecimento, muita gente que fazia prece. Graças a Deus foi tudo bem, estou aqui e viva nosso Brasil.”

A saúde de Pelé tem sido motivo de preocupação nos últimos anos. Além das duas infecções urinárias (2014 e 2019), ele fez operações na coluna (2015) e no quadril (2012 e 2016), o que atrapalha sua mobilidade.

Diz a nota, assinada por três médicos:

“Deu entrada, nesta terça-feira no Hospital Israelita Albert Einstein, Edson Arantes do Nascimento, proveniente do Hospital Americano de Paris. Ele foi hospitalizado na capital francesa após apresentar quadro de infecção urinária desencadeada por cálculo em ureter. A infecção foi debelada.

No momento, está realizando exames admissionais e seu estado de saúde é bom.

Dr. Fabio Nasri, geriatra e endocrinologista

Dr. Gustavo Caserta Lemos, urologista

Dr. Miguel Cendoroglo, Diretor Superintendente do Hospital Israelita Albert Einstein”

Fonte: Gazeta do Povo

Comentários
Compartilhe!