Esportes 

Copa do Mundo Feminina: Árbitra de Goioerê representa o Brasil

A árbitra de Goioerê, Edina Alves Batista, realizou nesta terça-feira (11), a sua primeira partida válida pela copa do Mundo Feminina, que está sendo disputada na França.

Edina estreiou no jogo entre Nova Zelândia x Holanda.. A goioerense foi auxiliada por duas bandeirinhas brasileiras, Neuza Back e Tatiane Camargo. A partida aconteceu no Stade Océane, em Le Havre, na França e terminou com a vitória da seleção Holandesa por 01 a 0, com gol nos acréscimos.

O trio foi escolhido pela Fifa em dezembro e passou os últimos meses em São Paulo, onde intensificou a preparação sob a bandeira da Federação Paulista de Futebol (FPF), com trabalhos físicos e teste em jogos profissionais para acumular experiência e ganhar entrosamento.

Edina, Neuza e Tatiane já tinham bastante experiência internacional no futebol feminino: participaram de torneios como a Libertadores 2017, Copa América Feminina em 2018 e Copa do Mundo Sub-20. A árbitra paranaense ainda apitou a final do Brasileiro Feminino entre Corinthians e Rio Preto em 2018.

Em maio, Edina fez história e se tornou a primeira mulher a apitar um jogo da Série A do Brasileiro desde Sílvia Regina em 2005. Neuza foi auxiliar, mas Tatiane, em recuperação de lesão, ficou fora.

Ao todo, 27 árbitras e 48 assistentes, todas mulheres, foram escaladas pela Fifa para trabalhar no Mundial.

Edina Alves teve boa atuação e deve ser escalada para outros jogos do mundial feminino.

Comentários
Compartilhe!