Brasil 

Velório é interrompido após viúva dizer que marido morto apertou sua mão

Uma família teve que interromper um velório e chamar o Samu quando a viúva disse ter sentido o marido morto apertar a mão dela. A situação aconteceu em São Luís do Curu (CE), na última sexta-feira (16), quando Raimundo Bezerra de Sousa, de 61 anos, estava sendo velado. Outros familiares também relataram que ele teria se mexido e transpirado no caixão.

O Samu foi acionado, mas a equipe não encontrou sinais vitais e constatou a morte. A família, ainda não acreditando nos socorristas, encaminhou o corpo de Raimundo ao Hospital Municipal Antônio Ribeiro da Silva, em São Luis do Curu, onde a morte foi confirmada.

Raimundo estava preso na cadeia de Trairi, passou mal no local e morreu no hospital, na noite de quinta-feira (15). Com a situação, o corpo foi sepultado no final do dia de sexta-feira (16).

Fonte: Banda B



Comentários
Compartilhe!