Brasil 

IBGE aponta que metade dos brasileiros vive com R$ 413 por mês

A desigualdade de renda no Brasil alcançou patamar recorde em 2018.

A metade mais pobre da população brasileira, quase 104 milhões de pessoas, vive com apenas R$ 413 por mês, considerando todas as fontes de renda.

No outro extremo, o 1% mais rico — cerca de 2,1 milhões cidadãos — tinha renda média de R$ 16.297 por pessoa. 

As informações estão presentes na série histórica da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), iniciada em 2012 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).