Geral 

Pacote de Reformas: veja quais cidades do PR podem deixar de existir

Uma medida prevista no pacote de reformas entregue pelo presidente Jair Bolsonaro ao Senado gerou muita polêmica nesta terça-feira (5), já que ele pretende extinguir municípios com menos de cinco mil habitantes que não tenham arrecadação superior a 10% das suas receitas.

Pacote de reformas quer extinguir municípios

Aqui no Paraná, por exemplo, 64 cidades podem deixar de existir se o pacote de reformas for aprovado. Para a União, municípios com essas características não têm sustentabilidade financeira.

A comprovação da sustentabilidade financeira deve ser feita até o fim de junho de 2023. Aquelas cidades que não conseguirem o atestado serão incorporadas pelos municípios limítrofes.

Na avaliação de técnicos do Congresso, a aprovação das medidas ainda neste ano tem “chance zero”, por não haver tempo hábil para a tramitação. A janela para convencer parlamentares vai até junho de 2020, já que, no ano que vem, haverá eleições municipais.

Veja quais cidades do Paraná podem deixar de existir:

  • Altamira do Paraná;
  • Alto Paraíso;
  • Anahy;
  • Arapuã;
  • Ariranha do Ivaí;
  • Barra do Jacaré;
  • Bela Vista da Caroba;
  • Boa Esperança do Iguaçu;
  • Bom Jesus do Sul;
  • Bom Sucesso do Sul;
  • Cafezal do Sul;
  • Campina do Simão;
  • Conselheiro Mairinck;
  • Corumbataí do Sul;
  • Cruzeiro do Iguaçu;
  • Cruzeiro do Sul;
  • Cruzmaltina;
  • Diamante do Sul;
  • Esperança Nova;
  • Espigão Alto do Iguaçu;
  • Farol;
  • Fênix;
  • Flor da Serra do Sul;
  • Guapirama;
  • Guaporema;
  • Iguatu;
  • Iracema do Oeste;
  • Itaúna do Sul;
  • Jundiaí do Sul;
  • Leópolis;
  • Lidianópolis;
  • Lupionópolis;
  • Manfrinópolis;
  • Marquinho;
  • Marumbi;
  • Mato Rico;
  • Mirador;
  • Miraselva;
  • Nova Aliança do Ivaí;
  • Nova Santa Bárbara;
  • Ourizona;
  • Pinhal de São Bento;
  • Pitangueiras;
  • Planaltina do Paraná;
  • Porto Barreiro;
  • Porto Vitória;
  • Prado Ferreira;
  • Quarto Centenário;
  • Ramilândia;
  • Rancho Alegre;
  • Rancho Alegre D’Oeste;
  • Rio Bom;
  • Salgado Filho;
  • Santa Amélia;
  • Santa Cecília do Pavão;
  • Santa Inês;
  • Santa Lúcia;
  • Santo Antônio do Caiuá;
  • Santo Antônio do Paraíso; São José das Palmeiras;
  • São Manoel do Paraná;
  • Serranópolis do Iguaçu;
  • Sulina;
  • Virmond;