Policial 

Após torturar namorada de 13 anos, rapaz é perseguido e morto a tiros pelo sogro

Um homem, de 19 anos, que teria mantido em cárcere privado e torturado a namorada de 13 anos, foi morto a tiros pelo próprio sogro, na noite desta terça-feira (19), na Rua Maria Aparecida de Oliveira, no Bairro São Gerônimo, em Campo Largo, Região Metropolitana de Curitiba. O pai da menina teria perseguido o genro em fuga após a esposa avisar sobre as agressões à filha e efetuado os disparos contra o suspeito.

A investigadora Loreane Plath, da Polícia Civil, conta que a adolescente vivia em um relacionamento abusivo há quatro meses e que o namorado foi atingido por quatro tiros. “Ela convivia com ele há 4 meses em um relacionamento abusivo, de acordo com a mãe ele sempre bateu na menina. Dessa vez, o namorado manteve a adolescente em cárcere privado, tentando sufocar ela amarrando roupas na boca e no pescoço, além de atingi-la com golpes de faca. A mãe então avisou o pai, que saiu em perseguição e matou o rapaz com quatro tiros”, relatou a investigadora.

De acordo com uma testemunha, que preferiu não se identificar, a mãe da adolescente contou que a vítima estaria o dia inteiro atrás da filha e teria tentado invadir a casa dela. “Eu estava na varanda da minha casa, quando ouvi os tiros. Vi um carro e uma mulher na porta desse veículo com a pessoa baleada, por isso decidi descer e perguntar se ela precisava de ajuda. Ela disse que o marido foi quem atirou e que o cara morto estava o dia todo atrás da filha dela e tentou invadir a sua casa”, relatou.

A adolescente foi encaminhada ao hospital e o pai, autor dos disparos, não foi localizado até o fechamento desta reportagem.

Fonte: Banda B

Compartilhe!