Região 

Epidemia: Mulher morre com suspeita de Dengue em Nova Cantu

Cristiane dos Santos Machado, 31 anos, moradora de Nova Cantu entrou em óbito no último domingo no Hospital Santa Casa de Campo Mourão onde estava internada desde da semana passada. Segundo informações, a mulher foi diagnosticada com Dengue, mas estava com outras complicações clínicas.

Ainda segundo informações, Cristiane, deixou esposo e três filhos, ela foi sepultada na última segunda-feira (18), na cidade de Nova Cantu.

“Com relação ao óbito, estamos aguardando confirmação por parte da SESA,  paciente tinha outros problemas de saúde.” Informou a Secretária de Saúde do Município Daiane Oliveira. 

Nesta terça-feira (19), não constava a confirmação do óbito no Boletim Epidemiológico semanal da Secretaria de Estado da Saúde que registrou 205 novos casos confirmados de dengue. O total de casos aumenta de 1.029 para 1.234 e as notificações passam de 10 mil em todo o Paraná. 898 casos são autóctones, o que significa que as pessoas foram infectadas nas cidades de residência.

“São números preocupantes e o Governo do Estado segue reforçando a orientação para que toda a população verifique e elimine os possíveis locais de formação de focos do mosquito transmissor da dengue: o Aedes Aegypti”, disse o secretário estadual da Saúde, Beto Preto.

Segundo ele, o mosquito se prolifera em locais que acumulam água parada; os focos estão nos quintais das residências, nos pratos de plantas, ralos, pneus, garrafas, lixeiras, lajes, sucatas e restos de materiais de construção, entre outros. “Estamos com uma campanha de conscientização nos veículos de comunicação e redes sociais de todo o Estado alertando sobre o perigo da dengue e destacando as medidas de combate”, afirmou.

MUNICÍPIOS

O município de Santa Isabel do Ivaí, em situação de epidemia, confirmou nesta semana 93 novos casos; e o de Inajá, 66. “A situação de epidemia é definida quando o município registra, proporcionalmente, 300 ou mais casos de dengue por 100 mil habitantes”, explica o técnico Ronaldo Trevisan, da Divisão de Vigilância Ambiental da Secretaria.

Também estão em epidemia: Nova Cantu, Quinta do Sol, Ângulo, Floraí, Uniflor.

Com informações da Agência de Notícia do Estado

Compartilhe!