fbpx

Brasil empata com Uruguai e dificulta busca por vaga em Tóquio 2020

A seleção brasileira sub-23 empatou em 1 a 1 com o Uruguai nesta quinta-feira (6) pela segunda rodada do quadrangular final do torneio pré-olímpico de futebol, disputado na Colômbia. O resultado transforma a última partida da fase, contra a Argentina, às 22h30 de domingo (9), numa verdadeira decisão para o time do técnico André Jardine.

Os uruguaios saíram na frente após chute de fora de área do volante Ugarte, aos 34 minutos do primeiro tempo. A bola desviou na defesa brasileira e enganou o goleiro Ivan. O empate da seleção veio 5 minutos depois, com uma cabeçada do meia corintiano Pedrinho e uma falha grotesca do goleiro Arruabarena, que jogou a bola para dentro da própria meta.

Com dois empates até o momento, o Brasil precisa de uma vitória contra seu maior rival sul-americano para garantir a classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio sem depender de outros resultados.

Apenas as duas melhores seleções garantem vaga para o Japão. Os argentinos, que lideram o quadrangular com três pontos após vencerem os uruguaios na primeira rodada, ainda jogam nesta quinta, às 22h30, contra a Colômbia, que na estreia da chave empatou em 1 a 1 com os brasileiros.

Caso classifique para o torneio de futebol no Japão, o Brasil buscará o bicampeonato -a primeira medalha de ouro do país na modalidade foi conquistada no Rio de Janeiro, em 2016. A seu favor, o time brasileiro tem um retrospecto bom, em geral, quando precisa disputar o torneio pré-olímpico. Há, porém, fantasmas de fracassos do passado.

O país viveu três derrotas marcantes nas competições classificatórias para os Jogos de Moscou (1980), Barcelona (1992) e Atenas (2004).

A Olimpíada de Tóquio vai de 24 de julho a 9 de agosto deste ano. A disputa do futebol, no entanto, começa um pouco antes, em 22 de julho, com a primeira rodada do torneio feminino (a seleção brasileira já está garantida), e vai até o penúltimo dia de competições.

BRASIL

Ivan; Guga, Bruno Fuchs, Nino e Iago; Matheus Henrique (Igor Gomes), Bruno Guimarães e Pedrinho (Pepê); Antony, Paulinho (Reinier) e Matheus Cunha. T.: André Jardine

URUGUAI

Arruabarrena; Rodríguez, Gularte, Laborda e Oliveros; Ugarte (Acevedo), Sanabria, Rossi, e Piquerez; Ramírez (Arezo) e Viñas (Rodríguez). T.: Gustavo Ferreyra

Compartilhe!