fbpx

Campanha de vacinação contra o Sarampo começou em Ubiratã

A Campanha de Vacinação contra o Sarampo começou na última segunda-feira (10) e prossegue até dia 13 de março de 2020, com o dia “D” de mobilização no sábado, 15 de fevereiro, das 08:00 as 17:00 horas,  e atendimento estendido nas Unidades de Saúde até as 19:00 horas  conforme cronograma, a baixo:

– 15/02/2020 (sábado) – Todas as Unidades de Saúde (horário das 08:00 as 17:00);                     

– 18/02/2020 (terça-feira) – Unidades São Joaquim, Yolanda, Central e Josefina (horário até as 19:00);

– 19/02/2020 (quarta-feira) – Unidades Panorama e Recife (horário até as 19:00); 

– 20/02/2020 (quinta-feira) – Unidade Saúde Boa Vista (horário até as 19:00);

Devem comparecer a unidade de saúde mais próxima, para receber a vacina, todas as pessoas na faixa etária de 5 (cinco) a 59 anos de idade.

A Secretaria de Saúde esclarece que para o grupo na faixa etária de 5 (cinco) a 19 anos e de 30 a 59 anos de idade, a vacinação contra o sarampo deverá acontecer de forma SELETIVA, ou seja, de acordo com o histórico vacinal.

Para o grupo da FAIXA ETÁRIA DE 20 A 29 ANOS DE IDADE, A VACINAÇÃO DEVERÁ OCORRER DE FORMA INDISCRIMINADA, ou seja, vacinar independente do histórico vacinal, todos os indivíduos.

Para a faixa etária de 1 (um) a 29 anos de idades são necessárias 2 (duas) doses da vacina com os componentes sarampo, caxumba e rubéola, com intervalo mínimo de 30 dias entre as doses. E a partir de 30 anos de idade é necessário apenas 1 (uma) dose da vacina com o componente sarampo.

Para os profissionais de saúde recomenda-se duas doses da vacina independente da faixa etária.

Destacamos a importância do aproveitamento da Campanha contra o Sarampo para resgatar os não vacinados contra febre amarela, considerando que a doença também tem avançado no estado Paraná.

SARAMPO

O Sarampo é uma infecção viral, aguda, altamente contagiosa, transmitida por via aérea, (aerossóis), através da fala, espirro, tosse e respiração. Pode acometer todas as faixas etárias suscetíveis, tendo maior gravidade nos extremos de idade. O vírus do Sarampo pode levar a complicações como, encefalite, meningite e pneumonia.

SITUAÇÃO ATUAL

Com o intuito de eliminar a circulação do vírus do sarampo, é necessária mais essa campanha tendo em vista que:

Após vinte anos sem registro de casos confirmados de sarampo, o Estado do Paraná confirmou em julho de 2019 um caso da doença.

Até janeiro de 2020, a circulação do vírus do sarampo permanece ativa no Estado do Paraná com 787 casos confirmados e 2579 notificados.

Segundo a estimativa do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, o estado pode apresentar casos de sarampo em indivíduos previamente vacinados, considerando a baixa imunidade rebanho (abaixo de 90,6% a 96,3%).

Ainda, as faixas etárias mais acometidas pelo agravo no Paraná são as faixas etárias de 20 a 29 anos de idade, 10 a 19 anos e 30 a 39 anos de idade respectivamente. Por esse motivo se faz necessária a vacinação indiscriminada (em todos os indivíduos) da FAIXA ETÁRIA DE 20 A 29 ANOS DE IDADE.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social – Prefeitura de Ubiratã

Compartilhe!