Paraná 

Mulher escuta gritos e flagra companheiro tentando estuprar filha de 13 anos

Um romance entre dois caminhoneiros terminou com decepção no feriado de Carnaval. Em uma das viagens pelo Brasil, a mulher conheceu um colega de profissão e eles resolveram ‘juntar os trapos’. O caminhoneiro, então, foi morar com a namorada e a filha dela, de 13 anos, em Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba.

Após três meses de relacionamento, na madrugada do último sábado (22), a mãe acordou com os gritos da filha. No quarto da menina, estava o companheiro tentando estuprar a enteada.

Segundo o delegado Haroldo Luiz Vergueiro, da delegacia de Campo Largo, a mãe conseguiu evitar que o ato consumado acontecesse. “Ela encontrou o namorado já sem roupas, estuprando a criança. Impediu que o ato se consumasse com a penetração, mas houve estupro de vulnerável”, explicou o delegado.

O suspeito, um jovem de 28 anos, foi autuado por estupro com agravante de violência presumida, devido a menina ter menos de 14 anos.

Alerta

O delegado lamentou que situações como essas ainda aconteçam nos dias de hoje e alertou as mulheres que têm filhos e querem morar com outra pessoa. “Conheça primeiro a pessoa, o passado dela, veja se a convivência será duradoura e pense na segurança das crianças que moram na casa”, completou Vergueiro.

O texto é da Banda B.

Compartilhe!