Comercio de Campina da Lagoa reabre nesta quarta-feira com medidas restritivas e uso obrigatório de máscara

Comercio de Campina da Lagoa reabre nesta quarta-feira com medidas restritivas e uso obrigatório de máscara

O comércio não essencial de Campina da Lagoa voltará suas atividades nesta quarta-feira (22), com medidas restritivas e uso obrigatório de máscaras para todos os cidadão sob pena de multa no valor de R$ 100,00 para as pessoas que forem flagradas, podendo chegar a R$ 300,00, para proprietários do comercio que autorizar a entrada de clientes sem o uso da máscara.

Mas para as empresas voltarem as suas atividades mesmo as essenciais que já estavam em funcionamento é necessário preencher e assinar um termo de compromisso e responsabilidade, se comprometendo a respeitar a NOTA TECNICA Nº 22/2020 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e NOTA ORIENTATIVA Nº 06/2020 da Secretaria de Saúde do Estado do Paraná.  Segundo o Art. 15 do Decreto 103/2020.

O termo deverá ser afixado em local de ampla visibilidade dentro do estabelecimento, sob pena de terem seus alvarás suspensos ou cassados caso abrem sem o referido documento serem assinados. Ainda segundo o Art. 15, desde da última segunda-feira (20), o documento está disponível para ser retirado no Centro de Saúde do Município.

Os horários de atendimento continuam os mesmo para os comércios de serviços essenciais, já os comércios de serviços não essenciais que abriram nesta quarta-feira, será das 08 às 16:00 de segunda a sexta e das 08:00 as 12:00 aos sábados.

Ficou mantida a prática do isolamento social, como forma para evitar a transmissão comunitária da Covid-19, com o objetivo de proporcionar o achatamento da curva de proliferação do vírus no município, ficando assim obrigados a permanecer em casa pessoas com idade igual ou acima de 60 anos, crianças de 0 a 12 anos, imunossuprimidos independentemente da idade, portadores de doenças crônicas, gestantes e lactantes. 

Outra medida adotada pela administração nesta terça-feira (21), foi a instalação de barreiras sanitárias na entrada da cidade para as pessoas que chegam ao município pela PR-239, pelo acesso da BR-369.

 
  

Fonte: Portal O Vale