Paraná: 305 municípios já iniciaram entrega do Cartão Comida Boa

Paraná: 305 municípios já iniciaram entrega do Cartão Comida Boa

O Cartão Comida Boa já começou a ser distribuído em 305 municípios do Paraná (76,4% do total de 399) e alcançou 36.326 beneficiários até as 17h desta segunda-feira (11), segundo balanço divulgado pela Secretaria de Justiça, Família e Trabalho e da Celepar (Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná).

Mais de 15 mil paranaenses, inclusive, já utilizaram o sistema com voucher nos supermercados e estabelecimentos credenciados, gerando circulação de R$ 681,7 mil no comércio.

O sistema ficou indisponível por 2h55 nesta tarde depois de uma tentativa de invasão, o que prejudicou as entregas. A plataforma já foi estabilizada e as entregas vão recomeçar a partir desta terça-feira (12), de acordo com os calendários estabelecidos pelos municípios – em Curitiba, ele segue a data do nascimento. Esse benefício é operacionalizado por meio de um cartão com proteção por QR Code.

Estão aptos a receber o vale os 840 mil inscritos no CadÚnico (Cadastro Único) do governo federal e cerca de 168 mil microempreendedores individuais, contribuintes individuais do RGPS (Regime Geral da Previdência Social) e trabalhadores informais de qualquer natureza. O auxílio vai vigorar durante o período da pandemia do novo coronavírus. Ele impactará mais de um milhão de beneficiários.

DIREITO
Para ter direito ao cartão é preciso ser maior de 18 anos, com exceção de mães adolescentes; ter renda familiar mensal per capita não superior a meio salário mínimo ou renda familiar total que não ultrapasse de três salários mínimos. Os paranaenses inscritos no CadÚnico precisam apenas apresentar documento com foto e CPF no local indicado pelo município. Os demais poderão solicitar o cartão mediante assinatura de autodeclaração.

Pelo portal www.cartaocomidaboa.pr.gov.br ou pelo telefone 0800 200 4150 os interessados poderão verificar se estão inscritos no CadÚnico e obter informações sobre o auxílio, inclusive os locais de retirada dos vales e os estabelecimentos credenciados.

CURITIBA
Em Curitiba, a distribuição começou em 67 igrejas em todas as regiões da cidade. O secretário de Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost, supervisionou a entrega em alguns destes pontos. “Esta é uma iniciativa do Governo do Estado para dar mais um auxílio para as pessoas poderem se alimentar nesse momento de crise gerada pela pandemia de Covid-19. Os voluntários das igrejas trabalharam desde as 6h junto com o Exército e as equipes da Secretaria fazendo as entregas”, disse.

Quem saiu com o cartão na mão de um dos postos de distribuição de Curitiba foi Gislaine Ferreira Elias, que vende sacos de lixo, mas está desempregada no momento. “É um auxílio emergencial que vai ajudar bastante. Estou desempregada, tenho uma filha de 10 anos e o meu pai está doente”, afirmou. “E o processo foi bastante simples, tanto para fazer a consulta no site quanto aqui para retirar o cartão”.

José Francisco Lourentino da Rocha, aposentado, é morador do bairro Umbará, também em Curitiba. Ele disse nesta segunda-feira (11) que escutou a mensagem do auxílio emergencial em uma emissora de rádio. O auxílio ajudará a atravessar esse período de vacas mais magras. “Vou comprar arroz, feijão e leite”, resumiu.

Na capital são 91,4 mil famílias beneficiadas. Para evitar aglomerações, foi delineado um calendário de retirada dos cartões. Nascidos em janeiro, fevereiro, março e abril retiraram nesta segunda. Nascidos nos demais meses devem se orientar pelo cronograma do mês do nascimento

AEN-PR